[PITSTOP] #4 - o exemplo de Morgan Shepherd

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[PITSTOP] #4 - o exemplo de Morgan Shepherd

Mensagem por Chad' em 14/7/2013, 20:51

LOUDON, N.H. -- Morgan Shepherd gave NASCAR its own version of Old-Timers' Day at New Hampshire.
At 71, Shepherd took the wheel of the No. 52 Toyota and became the oldest driver to start a race in NASCAR's Sprint Cup series.

"This is all for the race fans," Shepherd said before the green flag dropped.

Most fans might not even remember him in his prime. He was winning NASCAR races before so many in the field were even born.

Shepherd started 41st in the 43-car field Sunday at New Hampshire Motor Speedway. He made his Cup debut in 1970 and won four times in NASCAR's top series. He finished as high as fifth in the final standings in 1990 and hadn't started a Cup race since 2006. He last ran a full season in 1996.

Without a chance of fielding a competitive ride, he still had no plans of slowing down.

"When I start hitting the wall or something, then maybe it's time to get out," he said. "I'm here as long as the Lord wants me to be. I'm here to encourage people to get off the couch and do something with their life."

Jim Fitzgerald was 65 when he raced in the 1987 Cup race at Riverside International Raceway. James Hylton is the oldest driver to start a NASCAR race. He was 76 for the 2011 Truck Series race at Pocono.

Shepherd said he planned to finish the 301-lap race. But he completed 92 laps before he pulled into the garage.

He hitched a ride with low-budget Brian Keselowski Racing and found friends who were willing to chip in the needed funds to get him a spot. He had no type of cool box -- NASCAR's version of air conditioning -- in his car.

"I reckon they're going to see how tough I am," he said, smiling.

NASCAR has no age limit, and Shepherd passed the basic physical issued at the start of the season. He said he has 20-15 vision and felt as good as he ever did inside a stock car. Most drivers encouraged Shepherd's run.

"At some point, I think you just have to trust that he knows what he can do and what he can't do," defending Cup champion Brad Keselowski said.

Shepherd still drives part-time in NASCAR's second-tier Nationwide Series, starting all 34 races in 2011. He hasn't won a Nationwide race since 1988.

He's not finished racing at the top level.

Shepherd said he's working on sponsorship to race again this season, possibly the August race at Pocono. He added he's "already got a promise" for a ride in the 2014 Daytona 500.

"I'd like to run 'em all," he said. "I still drive good."



http://espn.go.com/racing/nascar/cup/story/_/id/9477117/morgan-shepherd-71-sets-nascar-sprint-cup-mark-age

Tradução:

Loudon, New Hampshire - Morgan Shepherd deu sua própria versão de "velhinhos da NASCAR" em New Hampshire.

Aos 71 anos, Shepherd assumiu o volante do Toyota n º 52 e se tornou o piloto mais velho a iniciar uma corrida da Sprint Cup.

"Isso tudo é para os fãs de corrida", disse Shepherd antes do início da corrida.

A maioria dos fãs pode até não se lembrar dele no seu auge. Ele estava ganhando corridas da NASCAR antes de tantos pilotos nascerem.

Shepherd começou em 41º no grid de 43 carros, no domingo em New Hampshire Motor Speedway. Ele fez sua estréia na Sprint Cup em 1970 e ganhou quatro vezes na série top da NASCAR. Sua melhor posição foi o quinto lugar na classificação final, em 1990, e não corria na categoria desde 2006. Ele correu a última temporada completa em 1996.

Sem a chance de montar um carro competitivo, ele ainda não tinha planos de abrandamento.

"Quando eu começar a bater na parede ou algo assim, então talvez seja hora de sair", disse ele. "Estou aqui desde que o Senhor quer que eu seja. Estou aqui para incentivar as pessoas a sair do sofá e fazer algo com sua vida."

Jim Fitzgerald tinha 65 anos quando ele correu na corrida da Cup em 1987 em Riverside International Raceway. James Hylton é o piloto mais velho para começar uma corrida da NASCAR. Ele tinha 76 anos para a corrida de Pocono da Truck Series em 2011.

Shepherd disse que pretendia terminar a corrida de 301 voltas. Mas ele completou 92 voltas, antes dele entrar na garagem.

Ele pegou um carro com baixo orçamento da Brian Keselowski Racing e achou amigos que estavam dispostos a dar os fundos necessários para obter-lhe um lugar. Ele não tinha nenhum tipo de "refrigerador" - a versão de NASCAR de ar condicionado - em seu carro.

"Eu acho que eles vão ver o quão duro eu sou", disse ele, sorrindo.

NASCAR não tem limite de idade, e Shepherd passou a base física emitido no início da época. Ele disse que tem visão de pessoas de 15 a 20 anos e sentiu-se tão bom quanto o que ele fez dentro de um stock car. Muitos pilotos encorajaram Shepherd.

"Em algum momento, eu acho que você tem que confiar que ele sabe o que pode fazer e o que ele não pode fazer", defende o atual campeão Brad Keselowski.

Shepherd ainda dirige parcialmente na NASCAR Nationwide Series, começando todas as 34 corridas em 2011. Ele não ganhou uma corrida lá desde 1988.

Ele não terminou a corrida em nível superior.

Shepherd disse que está trabalhando em patrocínio para correr de novo nesta temporada, possivelmente a corrida de agosto em Pocono. Ele acrescentou que ele "já tem uma promessa" para um passeio na Daytona 500 2014.

"Eu gosto de correr 'em tudo", disse ele. "Eu ainda dirijo bem".

Nessas horas é que a gente pensa: porque uma pessoa com idade considera avançadíssima pelos padrões da Fórmula 1 ainda corre? Amor a profissão. E sem dúvidas o caso de Shepherd e de James Hylton DEVE ser considerado um exemplo.

avatar
Chad'
Membro
Membro

Time : Portuguesa
Posts : 15
Registrado em : 02/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum